VALE DO SILÍCIO: ENTENDA ESSE MINDSET

VALE DO SILÍCIO: ENTENDA ESSE MINDSET

Muito se fala em Vale do Silício mas pouco se conhece sobre os fundamentos das empresas dessa região. A expressão vem do inglês “Silicon Valley”; a palavra “silício” faz referência ao elemento químico da tabela periódica (Si) que é utilizado para fazer chips eletrônicos e circuitos de computadores.

Vale do Silício é o apelido que se deu para a região da baía São Francisco, no estado a Califórnia, nos Estados Unidos da América. A região – que conta com mais de 3 mil quilômetros quadrados – é composta pelas cidades: Campbell, Cupertino, Fremont, Los Altos, Los Gatos, Menlo Park, Milpitas, Mountain View, Newark, Palo Alto, San Jose, Santa Clara, Saratoga, Sunnyvale, Redwood City e Union City,

Lá estão localizadas as sedes de inúmeras empresas de alto padrão em tecnologia, altamente e mundialmente renomadas e rentáveis. O surgimento do Vale contou com a ajuda da Universidade de Stanford, no ano de 1890, com o objetivo de alinhar a educação com a tecnologia. Os seus fundadores queriam oferecer local de emprego para os alunos que recém haviam se formado na cidade e, com isso, também possibilitar que ela se desenvolvesse econômica e rapidamente.

Desde o século XX, é considerado o Vale das “Startups“. Uma Startup é uma empresa recém criada e que ainda está em desenvolvimento, está começando a criar o seu modelo de negócios e emergindo no mercado. Normalmente, esses tipos de empresas têm a sua base tecnológica, mas não quer dizer que não possam englobar qualquer área de trabalho. A Valepress, por exemplo, é uma Startup de Gestão de Marcas e Inovação; na área do Marketing, engloba serviços como gestão de pessoas e gestão de negócios, além da produção de conteúdo e mentoria em negócios.

Não é a toa que nesse pólo industrial estão mais de 250 mil trabalhadores no ramo de Tecnologia da Informação. Foi nesse centro de pesquisa e desenvolvimento que o microprocessador, o microcomputador e outras tecnologias bem desenvolvidas foram inventadas e aprimoradas. Atualmente, a região é a mais famosa no que diz respeito às inovações e nos serviços de internet. Algumas das empresas que tem sede no Vale do Silício são: Adobe Systems, Apple Inc, eBay, Eletronic Arts, Facebook, Google, Pixar, Intel, Netflix, Yahoo. Além dessas empresas, a região também abriga outras corporações renomadas, como: Amazon, Dell, Microsoft e Sony Erickson.

Não é somente a tecnologia que faz esses negócios serem rentáveis e inovadores, e sim, a forma como são planejados criados e geridos. Você pode aplicar tudo isso na maneira como constrói o seu negócio. A mudança faz parte: o nosso corpo muda, o nosso pensamento também. Então, por que o seu negócio precisa ser estático? Transformação e experimentação são as palavras-chaves para o sucesso. Não é a localização que define o local, é a ideia! Inovação, pensar adiante, pensar no consumidor, pensar fora da caixa, ser criativo, sair da zona de conforto, resolver problemas, mudar o mindset, prever problemas antes que apareçam.

Muitos países, inclusive o nosso, tentam até hoje construir a sua própria espécie de Vale, justamente porque ele é dita todas as tendências do mercado de trabalho: tudo acontece primeiro por lá. Enquanto uma empresa leva em média um ano e meio para alavancar o seu negócio no Brasil, lá essa organização ocorre em 3 meses. Os profissionais brasileiros que viajam até a região pensam em se reposicionar no mercado e desbancar a concorrência nos meios digitais.

O Vale do Silício é o paraíso para os empreendedores visionários. Hoje, são organizadas convenções, workshops, imersões, discussões, palestras, eventos e congressos que ajudam a atrair mais profissionais e Startups para a região. É um ótimo local para fazer networking com investidores e líderes visionários para acelerar os negócios, adquirir conhecimentos e experiências. A região possui uma ampla diversidade de culturas, por isso ter uma mente aberta é o grande desafio de todos os empreendedores. Essa diversificação é perfeita para ter uma visão macro de cada negócio.

Infelizmente, apesar de todos que vão até lá em congressos comentarem que é o melhor lugar para desenvolver a carreira profissional, esse paraíso enfrenta alguns problemas para quem de fato vive lá, nem tudo é perfeito. As taxas e impostos para permanecer morando no local e os aluguéis são extremamente caros, o custo de vida em geral é muito grande. A crescente busca pelo lugar torna todos os produtos para consumo e sobrevivência também mais caros, e é por isso que muitos empreendedores e investidores, atualmente, estão saindo do vale e indo em busca de cidades menores, longe da atenção da mídia.

A ValePress é uma startup brasileira que aplica o mindset do Vale do Silício no seu negócio e no dos seus clientes.

Escrever Comentário

Nos Acompanhe